O encontro teórico foi realizado, segunda-feira (22/06), no Centro de Referência de Assistência Social, em Mato Verde, Norte de Minas, com a participação de 50 profissionais da construção. Segundo Horácio Cristo, Superintendente do Consórcio União da Serra Geral, órgão que faz a implantação do Projeto Cisternas de Placas, o objetivo desses eventos é qualificar ainda mais os pedreiros com novas ações nos aspectos técnicos e sociais, refletindo na melhor qualidade das construções no Semiárido.

No encontro os pedreiros e técnicos de campo discutiram sobre as normas e modelos de cisternas construídas no Semiárido mineiro. Também avaliaram, através de fotos, os problemas em algumas construções. Os participantes foram orientados sobre a forma correta e segura do trabalho na construção de cisternas de placas, onde os técnicos e coordenadores orientaram aos participantes do compromisso do pedreiro de fazer analises das marcações, conferência dos matérias e de seguir a risca as normas do projeto de construção das cisternas. Pedreiros foram orientados da importância do bom relacionamento com as famílias beneficiárias.

Participaram do encontro, Técnicos e Coordenadores da Funvale (Fundação Vale do Gorutuba), Técnicos do Consórcio União da Serra Geral, Técnicos de Serranópolis de Minas e Técnicos de Mato Verde.