Implantação da Usina de Resíduos Sólidos para atender a demanda dos municípios da região da Serra Geral de Minas em avançado processo de concretização.

Semana passada o Consórcio União da Serra Geral realizou a sua concorrência pública internacional para este fim. Duas empresas compareceram à sede do Consórcio e se habilitaram para o certame, que ocorreu no dia 3 de dezembro. Foram credenciadas as empresas Biogeoenergy Fabricação e Locação de Equipamentos Ltda e Consórcio Energia Super Limpa Ltda.

A licitação visa a contratação de Parceria Público Privada (PPP) na modalidade de concessão administrativas, dos serviços de transporte a partir dos pátios de transbordo, recebimento e tratamento térmico dos resíduos sólidos urbanos dos municípios integrantes do Consórcio União da Serra Geral.

Tendo a Comissão Especial de Licitação, após analisado os documentos, e em nova reunião realizada já no dia 6, inabilitado a empresa Biogeoenergy devido a ausência de alguns documentos, requisito para continuidade do processo. Ficando, portanto, habilitada para sequência do certame o Consórcio Energia Super Limpa, composto pelas empresas: Planex S.A e Vina Equipamentos e Construções Ltda.

Publicada a decisão da Comissão Especial de Licitação, agora é aguardar o tempo hábil para as ponderações e possíveis contestações das empresas e dar continuidade ao processo.

“Nossa expectativa é de que já no início do ano que vem saia o resultado final deste processo licitatório, e, a empresa vencedora inicie os procedimentos para o início das obras e implantação do serviço, que muito ajudará os municípios da região”, disse o superintendente do Consórcio União da Serra Geral, Horácio Cristo Barbosa, também presidente da Comissão Especial de Licitação.